Contatos

       

    UNA-SUS UFPE lança curso na área de Regulação do Acesso Ambulatorial

    A partir de segunda-feira (30), trabalhadores e gestores da saúde de todas as regiões do Brasil poderão participar de mais um curso do Programa de Qualificação para Profissionais de Regulação do Sistema Único de Saúde: Regulação do Acesso Ambulatorial. O Programa de Qualificação é uma iniciativa da Coordenação Geral de Regulação e Avaliação (CGRA) do Ministério da Saúde, em parceria com a Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), por meio da Universidade Aberta do Sistema Único de Saúde (UNA-SUS).

    O curso é gratuito, online e tem duração de 45 horas-aula. As matrículas seguem até 29 de março, e podem ser feitas pelo portal do SABER.

    Segundo Alessandra Maass e Edna Miyuki Hirano, que produziram o conteúdo didático, esse curso foi dividido em duas sessões que se complementam: Regulação do Acesso a partir da Atenção Básica e Central de Regulação Ambulatorial (CRA). Elas informam, ainda, que os materiais disponibilizados instigam reflexões sobre as ações regulatórias a partir da Atenção Básica, sobre a atuação dos Reguladores enquanto fomentadores, articuladores e integradores das Unidades de Saúde, bem como sobre as atribuições do regulador/operador da CRA na busca de viabilizar o acesso aos serviços de saúde, promovendo a equidade e integralidade da assistência.

    São apresentados conceitos, experiências e situações-problema objetivando a construção de argumentos sobre as ações promotoras da regulação do acesso nas Unidades de Saúde e na Central de Regulação Ambulatorial. Edna complementa dizendo que “o curso pretende desenvolver competências que ampliem o protagonismo dos atores loco regionais na escolha das melhores alternativas, considerando as singularidades e especificidades dos contextos regionais”.

    Segundo Josiane Machiavelli, Coordenadora Técnico-pedagógica do Grupo SABER Tecnologias Educacionais e Sociais e da UNA-SUS UFPE, “o curso apresenta os conteúdos de forma diversificada, por meio de ilustrações, fluxogramas, vídeos, textos, leituras complementares e estímulo às discussões em fóruns temáticos como forma de melhor se adaptar aos diferentes estilos de aprendizagem dos trabalhadores-estudantes”.

    A capacitação, ofertada na modalidade a distância, estará disponível todos os dias da semana, 24 horas, para que os participantes possam planejar a rotina de estudos da maneira que acharem mais conveniente.

    Para mais informações e para realizar inscrição, clique aqui.