Contatos

       

    Respostas às perguntas frequentes

    Aqui são disponibilizadas respostas às perguntas mais frequentes feitas pelos trabalhadores-estudantes, tutores e professores. Recomendamos que você acesse esta página com regularidade, pois ela será constantemente atualizada. Este conteúdo se refere exclusivamente à turma C da especialização.
     

    Documentos

    1) Como posso solicitar declaração de matrícula?
    Acessando a página de contatos do portal SABER e encaminhando sua solicitação por meio do formulário eletrônico disponível na central de atendimento. É importante informar seu nome completo e CPF. As declarações de matrícula serão emitidas apenas após formalização da matrícula na Universidade Federal de Pernambuco. Este processo pode demorar alguns meses após o início do curso.

    2) Como poderei retirar os documentos solicitados?
    Você poderá buscar os documentos na sede da UNA-SUS UFPE (endereço disponível na área de contatos do portal SABER) ou solicitar o envio por e-mail (nesse caso, o documento será digitalizado).

    3) A UNA-SUS UFPE poderá enviar os documentos solicitados pelos Correios?
    Não.

    4) A UNA-SUS UFPE poderá emitir declaração de comprovante de rendimentos (relativos à bolsa recebida pela participação no Programa Mais Médicos)?
    Não. Neste caso, entre em contato com a Coordenação Nacional do Programa Mais Médicos.

    5) Qual meu número de matrícula no curso de especialização?
    O número de matrícula é o seu CPF.

    6) É possível mudar de polo para realização do encontro presencial? Por quê?
    Não, pois o polo está condicionado à matrícula do estudante na UFPE e a instituição não permite alteração de polo.
     

    Encontro presencial

    1) Quantos encontros presenciais teremos ao longo do curso?
    Pelo curso, apenas um encontro, cuja data já se encontra no calendário do curso, disponível na área Saiba mais sobre o curso. Porém, durante sua permanência no Programa Mais Médicos você poderá ser convidado(a) a participar de outros momentos presenciais organizados pela Coordenação Estadual, Nacional e/ou Instituição Supervisora. Neste caso, os encontros não terão relação, necessariamente, com o curso de especialização.

    2) A participação no encontro presencial é obrigatória?
    Sim.

    3) Como posso saber a data do encontro presencial?
    Consultando o calendário do curso, disponível na área Saiba mais sobre o curso.

    4) Onde será realizado o encontro presencial?
    O encontro presencial será realizado nas cidades de Recife, Caruaru, Campina Grande e Petrolina. Os locais específicos dos encontros serão divulgados mais próximo a data de realização dos mesmos, pelo ambiente virtual de aprendizagem.

    5) É possível mudar de município para o qual fui designado a participar do encontro presencial promovido pela especialização? Por quê?
    Não, pois o município está condicionado à matrícula do trabalhador-estudante na UFPE e a universidade não permite alteração de polo.

     

    Horário das aulas

    1) Quais os horários das aulas a distância?
    Não existe um horário pré-definido. O ambiente virtual de aprendizagem estará disponível todos os dias da semana, incluindo sábados, domingos e feriados. O estudante deverá estar atento ao cronograma de entrega das atividades, que está detalhado no guia de estudos de cada disciplina. É importante esclarecer que o curso será ofertado na modalidade de ensino a distância, com apenas um momento presencial ao longo do curso.

    2) Quantas horas semanais deverei dedicar aos estudos?
    No mínimo 8 horas semanais.

     

    Acesso às disciplinas

    1) Como posso saber as datas de início e término de cada disciplina?
    Acessando o calendário disponível na área Saiba mais sobre o curso.

    2) Quando clico em uma disciplina recebo a informação de que ela não está disponível. Porém, eu acessava outras disciplinas normalmente. O que está havendo?
    O acesso às disciplinas vai sendo liberado de acordo com a data de início de cada disciplina, informado no calendário do curso, disponível na área Saiba mais sobre o curso. Depois que a disciplina encerrar, o material didático permanecerá disponível e você poderá acessar sempre que quiser. No entanto, as atividades deverão ser feitas no prazo estabelecido no guia de estudos de cada disciplina. Atenção! Também é importante que você observe se está acessando as disciplinas da turma C, pois é nesta turma que você está matriculado.

    3) Há momentos que eu clico em alguma disciplina do curso e diz que eu não estou matriculado(a). O que acontece?
    Provavelmente você está tentando acessar os conteúdos de outra turma. Você tem acesso apenas às disciplinas da turma C, que é a sua turma.

     

    Prazo para entrega das atividades

    1) Como saberei a data-limite para entrega das atividades das disciplinas?
    Lendo o guia de estudos de cada disciplina, disponível na área de informações gerais da página de cada disciplina no AVA.

    2) O que acontecerá se eu entregar alguma atividade fora do prazo estabelecido, ou seja, no período de reposição?
    Haverá redução da nota máxima. Ao invés de a nota máxima ser 10,0 (dez), será 7,0 (sete). Portanto, evite fazer atividades no período de reposição.

    3) É possível entregar atividades após o período de reposição?
    Não. Se isso acontecer, a atividade não será avaliada. Ou seja, sua nota será zero.

     

    Notas e médias

    1) Fiz as atividades de determinada disciplina no período de reposição. Acertei tudo e tirei 7,0 (sete). Por quê?
    Atividades feitas no período de reposição têm nota máxima 7,0 (sete). Portanto, evite desenvolver atividades no período de reposição.

    2) Por que tirei dez em todas as atividades feitas no AVA e fiquei com média 7,0?
    As atividades feitas no ambiente virtual de aprendizagem durante o desenvolvimento das disciplinas valem 70% da nota global da disciplina. Portanto, se você tiver tirado dez, até que aconteça a prova, sua média será 7,0. Os outros 30% representam a nota da prova que ocorre ao final dos eixos 1 e 2. Atenção! Na composição das notas que valerão os 70% deve ser considerada a porcentagem (o quanto vale) de cada atividade realizada. Essa informação está disponível no guia de estudos das disciplinas. Portanto, cada atividade feita no AVA também tem um peso específico na composição da nota. Atente para isso!

    3) O que é essa atividade “prova”?
    A prova é uma atividade que acontece ao final dos eixos 1 e 2 do curso. Na prova serão cobrados todos os conteúdos trabalhados nos eixos 1 e 2. Só não serão incluídas na prova as disciplinas Introdução à Educação a Distância e ao AVA; Pesquisa e Uso da Informação em Saúde; Educação Popular em Saúde. Veja as datas das provas no calendário do curso, disponível na área Saiba mais sobre o curso.

    4) Qual conteúdo devo estudar para as provas dos eixos 1 e 2?
    O principal referencial para estudo serão os livros didáticos das disciplinas. Também poderão ser cobrados conteúdos disponíveis na área de materiais complementares e que foram marcados como leitura ou acesso obrigatório no curso.

    5) O que é a recuperação?
    É a atividade realizada após as provas dos eixos 1 e 2, quando estivermos com as médias finais das disciplinas definidas. Se você tiver média abaixo de 7,0 (6,9 ou menos), deverá fazer a recuperação com objetivo de alcançar a média mínima exigida para aprovação nas disciplinas, que é 7,0 (sete).

    6) Como é calculada a média final das disciplinas após a recuperação?
    A média final após a recuperação é a soma da média da disciplina antes da recuperação com a nota da recuperação dividida por dois. Por exemplo: um aluno teve média 6,0 antes da recuperação e tirou 10,0 na recuperação. A média final será 8,0. Ou seja, o aluno terá nota suficiente para ser aprovado. Outro exemplo: um aluno teve média 3,5 antes da recuperação e tirou 10,0 na recuperação. A média final será 6,75, ou seja, o aluno está reprovado na disciplina.

     

    Tutoria

    1) O que é um tutor? Como saber quem é o meu tutor? Posso ter um tutor particular?
    O tutor é quem acompanha seus estudos, esclarece suas dúvidas, corrige suas atividades e lhe orienta por meio do ambiente virtual de aprendizagem da UNA-SUS UFPE. Você pode saber quem é seu(sua) tutor(a) consultando a lista de participantes do AVA (clique em papel atual e escolha tutor). Você não terá um tutor particular. O tutor orienta grupos de, no máximo, 40 alunos.

    2) Qual o prazo que os tutores têm para corrigir as atividades didáticas?
    O prazo é de uma semana, contado a partir do dia posterior à data-limite para a postagem da atividade. Mesmo que você entregue a atividade antes do prazo, o tutor terá o prazo de 7 dias a partir do dia posterior à data-limite para atribuir a nota. É importante que você fique atento(a) ao AVA após a entrega das atividades, pois o(a) tutor(a) pode fazer comentários ou solicitar melhorias e isso influenciará a nota final.

    3) O tutor e o supervisor presencial são as mesmas pessoas?
    Não. O tutor lhe acompanha durante o desenvolvimento do curso pelo ambiente virtual de aprendizagem da UNA-SUS UFPE, nas atividades referentes ao curso de especialização. O supervisor presencial acompanha as atividades que você desenvolve na unidade de saúde e no território e monitora o cumprimento da carga horária destinada ao Programa Mais Médicos: 32 horas de atividades na unidade de saúde e território, e 8 horas de estudos na especialização.

     

    Comunicação

    1) Não recebo cópia das mensagens privadas enviadas por meio do AVA. O que devo fazer?
    Verifique as caixas Spam, lixo eletrônico e quarentena do seu e-mail. É muito provável que nossos e-mails estejam armazenados lá. Também verifique se você informou o e-mail correto à UNA-SUS UFPE. O e-mail cadastrado aparece junto com o seu perfil no AVA.

    2) Mudei meu e-mail, o que devo fazer?
    Comunique à equipe UNA-SUS UFPE imediatamente, por meio do formulário eletrônico disponível na área de contatos do portal SABER. Somente a equipe UNA-SUS UFPE poderá atualizar essa informação no Ambiente Virtual de Aprendizagem.

    3) Percebi que meu e-mail está cadastrado incorretamente no AVA. O que devo fazer?
    Entre em contato com a equipe UNA-SUS UFPE imediatamente, por meio do formulário eletrônico disponível na área de contatos do portal SABER. Somente a equipe UNA-SUS UFPE poderá atualizar essa informação no Ambiente Virtual de Aprendizagem.

     

    Ambiente Virtual de Aprendizagem

    1) É possível acessar os materiais didáticos usando tablets e smartphones?
    Sim, mas se você não conseguir visualizar algum material, recomendamos que procure acessar de computadores ou notebooks.

    2) É possível fazer as atividades didáticas usando tablets ou smartphones?
    A UNA-SUS UFPE não recomenda. Devido aos casos de incompatibilidade entre sistemas operacionais e navegadores, sugerimos o uso de tablets (por exemplo, o Ipad) ou smartphones apenas para acesso aos materiais didáticos (livros, vídeos, sites) no AVA. A incompatibilidade ocorre, principalmente, por serem essas plataformas proprietárias, ou seja, não temos acesso livre para realizar configurações necessárias ao bom uso dos recursos do AVA nesses equipamentos. Para fazer as atividades didáticas, incluindo envio de arquivos, participação em fóruns e blogs, orientamos a utilização de computadores ou notebooks, preferencialmente com o navegador Mozilla Firefox.

    3) Às vezes, enquanto estou fazendo alguma atividade, principalmente usando os recursos fórum e questionário, perco as informações digitadas antes de enviar. Por que isso ocorre? O que faço para evitar o problema?
    Isso pode ocorrer em casos de falha na conectividade, queda da energia elétrica ou problemas com o computador. Considerando que o AVA não salva atividades não enviadas, recomendamos que você faça a atividade em um editor de texto (por exemplo, o Word) e depois copie e cole no local apropriado do AVA.

    4) Esqueci minha senha para acesso ao AVA. O que devo fazer?
    Entre em contato o mais rápido possível com nossa equipe de supervisão acadêmica pelo canal de contatos do portal SABER.

     

    Regras do Curso

    1) Existe possibilidade de trancamento do curso no período de licença maternidade ou paternidade?
    Não. A UFPE não prevê trancamento em cursos lato sensu (Artigo 15, Resolução Nº 02/2006), independente do motivo. Caso o estudante decida não participar das atividades acadêmicas de determinada disciplina, deverá ficar atento ao período de reposição. Encerrado o período de reposição, será atribuída nota zero à(s) atividade(s) não feita(s).

    2) Durante o período de férias na unidade básica de saúde, o estudante poderá se afastar/trancar o curso?
    Não. A UFPE não prevê trancamento em cursos lato sensu (Artigo 15, Resolução Nº 02/2006), independente do motivo. Caso o estudante decida não participar das atividades acadêmicas de determinada disciplina, deverá ficar atento ao período de reposição. Outra opção é fazer as atividades antes das férias, caso a disciplina inicie no período anterior às suas férias.

    3) O aluno não cumpriu as atividades acadêmicas de determinada disciplina (por motivos familiares, de saúde, viagem, etc.). É possível entregar a(s) atividade(s) fora do prazo?
    Se o período de reposição estiver em andamento, o aluno poderá fazer a(s) atividade(s) não desenvolvida(s) no período regular da disciplina. Nesse caso, a nota máxima será 7,0 (sete). Se o aluno não participar do período de reposição e/ou não atingir a média final igual ou maior que 7,0 (sete) na(s) disciplina(s), deverá participar da recuperação que acontecerá após divulgação das médias finais das disciplinas dos eixos 1 e 2. Se após a recuperação o aluno permanecer com nota inferior a 7,0 (6,9 ou menos) em alguma disciplina, estará reprovado e não haverá nova oportunidade para recuperação da nota.

    4) Quando será o período de reposição de atividades das disciplinas que já encerraram?
    Nos primeiros 15 dias subsequentes à data de encerramento da disciplina.

     

    Obrigatoriedade da especialização

    1) Não tenho interesse de participar deste curso de especialização. Tenho a opção de não participar?
    Não. Atenção! A participação no curso de especialização é obrigatória, conforme prevê a lei Nº 12.871, de 22 de outubro de 2013.

    2) Já tenho título de especialista similar a este que está sendo ofertado pelo Programa Mais Médicos. Posso optar por não participar da especialização?
    Não. Atenção! A participação no curso de especialização é obrigatória, conforme prevê a lei Nº 12.871, de 22 de outubro de 2013.

     

    Programa Mais Médicos para o Brasil

    1) Os documentos do Programa Mais Médicos informam que o trabalhador-estudante deverá cumprir 8 horas semanais de atividades acadêmicas. Essa carga horária será desenvolvida de forma presencial? Como será contabilizado o cumprimento da carga horária?
    As 8 horas semanais de atividades acadêmicas serão desenvolvidas a distância, por meio do Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA). O cumprimento da carga horária será verificado pela participação nas atividades propostas no AVA. Teremos apenas um momento presencial ao longo do curso, informado no calendário do curso.

    2) O que acontecerá se eu não participar das atividades acadêmicas propostas pela UNA-SUS UFPE?
    O Ministério da Saúde será notificado por meio de relatórios mensais e o pagamento da bolsa poderá ser suspenso. Sua permanência no Programa Mais Médicos também poderá ficar comprometida, ou seja, há risco de desligamento do Programa Mais Médicos.